Morando Sozinha? Comece aqui

Quer aprender a guardar mais dinheiro? VEJA O DESAFIO

Quer organizar sua vida? SAIBA COMO

27 Em Morando Sozinha/ Organização

Manual da mudança organizada

Mudança dá trabalho, sempre, mas algo que eu descobri ao longo de algumas mudanças de apartamento (até agora 4), que com um pouquinho de organização tudo pode ficar mais fácil.

Nesse post, você encontra diversas dicas que podem ser incorporadas na sua mudança para tornar o processo ainda mais fácil! Vamos lá?

Por onde começar?


Antes de começar a encaixotar as coisas, primeiro faça uma limpeza completa. Com o tempo acabamos acumulando muitas coisas desnecessárias e levar tudo isso para sua casa nova não faz sentido. Fazer essa faxina é sempre muito bom, pois a casa fica mais leve e vale a pena começar sua vida na casa nova com o pé direito, não é?

Depois de promover o desapego, é hora de começar a guardar os objetos. É interessante que você comece com um bom prazo antes do dia oficial da sua mudança, pois assim tudo é feito com calma e evita o stress de ter que guardar com pressa.

Comece pelos itens que você menos usa como, decoração, louça (que precisa ser embalada) e quando a data da mudança for se aproximando, comece a guardar os sapatos, bolsas e itens do dia a dia.

Não se esqueça de que quanto menos você misturar as coisas dentro das caixas, melhor. Tente manter as coisas separadas por ambientes.

Claro que quando você estiver terminando de guardar todas as suas coisas, não tem jeito. Sempre vai ter uma caixa ou mais com um “mix” de coisas. Mas nesse caso, é legal que você identifique todo o conteúdo da caixa minuciosamente para facilitar na hora de encontrar o que for necessário na sua casa nova.

Armazenamento


Você pode pedir caixas em supermercados e farmácias, eles costumam ter para doar. Também é possível comprar online em sites que vendem caixas em atacado, já comprei no Mercado Livre e valeu muito a pena.

Agora lá vai uma dica que me ajudou muito a poupar espaço nas caixas foi guardar as roupas de cama, travesseiros e toalhas em sacos. Aqueles sacos pretos resistentes que a gente compra no mercado mesmo, eles ajudam muito.

Também não se esqueça de ter cuidado com coisas pequenas (parafusos, enfeites…). Nesse caso junte tudo dentro de uma sacola ou plástico transparente. E se a sua mudança possuir uma distância considerável, vale a pena redobrar o cuidado com os objetos frágeis. Ao invés de revestir objetos de vidros ou de material frágil com apenas com jornal, escolha o plástico bolha.

Identificação


Essa é a dica que mais me ajudou, pois quando chega a hora de desembalar tudo, você deve priorizar os itens mais importantes. Identificando cada caixa com detalhes, ajuda muito nessa hora.

manual-da-mudança-organizada-02

Nas caixas que possuí coisas frágeis, é importante ter uma sinalização de cor diferente para o pessoal que fará sua mudança saber quais caixas é preciso ter mais cuidado.

Mudança de endereço


Localize todas as suas contas para fazer a alteração de endereço, transferência ou cancelamento de serviços (TV à cabo, internet, revistas, conta de telefone, fatura do banco e etc).

Para levar na mochila


Depois de um longo dia de mudança, localizar itens como toalha de banho, itens de higiene, remédios e coisas assim, é bem difícil quando você tem mais um montão de outras caixas no mesmo ambiente.

Separe uma mochila e coloque nela coisas úteis: lanchinhos rápidos, toalha, remédios, documentos, itens de higiene pessoal e tudo mais que você achar necessário.

manual-da-mudança-organizada-03

Transporte


O dinheiro mais bem gasto nas minhas mudanças foi ter contratado um profissional para executar a mudança para mim.

Eu não conhecia ninguém, então resolvi procurar na internet e encontrei uma pessoa que trabalha só com isso (mudança e carretos). Eles chegaram pontualmente, desceram e subiram as escadas com todas as caixas, desmontaram e montaram os meus móveis, tudo muito rápido. Não tive preocupação nenhuma quanto a isso e valeu cada centavo! E lembre de perguntar se eles possuem mantas para proteger os móveis e eletrodomésticos de arranhões. Geralmente eles possuem, mas vale a pena checar.

Outra coisa que você tem que lembrar é avisar no seu condomínio sobre a sua mudança. No meu prédio eu avisei o porteiro e ai ele cobriu todo o elevador com uma capa de proteção especial e ainda orientou o pessoal da mudança. Também é necessário verificar na sua rua se há disponibilidade de vagas para estacionar veículos e também se pode parar caminhões para carga e descarga.


Depois de um longo processo, chega o fim da sua mudança. Depois de tudo isso o que fica é só você, aquele monte de caixas e o cheirinho de casa nova.

Receba os conteúdos exclusivos
do Morando Sozinha no seu e-mail

Prometemos manter seu e-mail seguro, odiamos spam.