13 Em Estudos

1 ano estudando inglês – o que mudou?

estudando inglês

Uma das minhas metas para o ano passado era começar a fazer aulas de inglês. Então, logo no comecinho do ano, passei a fazer aulas com uma professora particular (e foi uma experiência muito legal).

Eu nunca fiz aulas de inglês em cursinho, mas acredito que o aprendizado seja um pouco mais lento. Afinal, o professor não está ali só para você, mas sim para uma sala inteira. Isso significa que, você já pode estar por dentro da matéria ou se trata de algum assunto que você já domina, mas você tem que esperar até todo mundo acompanhar. Por isso, foi muito bom (no meu caso), fazer inglês com uma professora particular, pois eu sentia que era bem mais fácil dar atenção para as partes onde eu tinha mais dificuldade.

Um ano se passou desde que comecei os meus estudos, e achei que seria interessante vir contar para vocês um pouquinho de como foi a minha experiência de estudar inglês por 1 ano.

Quando comecei, eu já tinha “alguma noção” de inglês e não era uma pessoa começando do zero. No entanto, tive que começar bem do comecinho para fortalecer o conhecimento que eu já tinha e também aprender mais a fundo coisas que eu nunca tive contato antes.

Nas aulas eu aprendia de tudo um pouco. E por ter uma aula exclusiva, minha professora podia me corrigir na hora, sabe? Não ficava nada de fora e com poucos meses eu comecei a sentir uma melhora absurda.

Ano passado foi um ano bem corrido, principalmente por estar escrevendo um livro novo, fazendo faculdade, trabalhando e ainda estudando inglês duas vezes por semana. Em algumas semanas era difícil ter tempo para estudar em casa, mas quando eu conseguia, as aulas ficavam ainda melhores. Estudar em casa é um fator extremamente importante para quem quer aprender inglês em menos tempo. Frequentar às aulas foi somente metade do meu progresso.

Bom, e o que mudou nesse 1 ano desde que eu comecei a estudar inglês? Sinceramente? Muita coisa!

Eu achava que no primeiro ano ia aprender muita coisa sim, mas não achei que meu aprendizado seria tão rápido. Eu ainda preciso melhorar muuuuito minha pronúncia, apesar de já conseguir me comunicar bem melhor do que um ano atrás. Ah, e agora também já consigo ler livros em inglês e assistir séries/filmes sem legenda. Isso pra mim foi a maior conquista!

Se você está lendo esse post e tem vontade de melhorar seu inglês, aqui vai um conselho: simplesmente comece. A gente acha que vai ser muito difícil ou demorado, mas a verdade é que quanto mais a gente se empenha, mais rápido é o nosso desenvolvimento.

Eu ainda tenho muitas coisas para melhorar (muitas mesmo), mas saber disso não me desanima. Eu entendi que (assim como tudo na vida), é um passo de cada vez e tudo só depende de mim. Não adianta ter pressa, você precisa só precisa de muita força de vontade e com ela vai chegar mais longe do que imagina.

Você também pode gostar

13 Comentários

  • Resposta
    Dayse Caroline
    24/03/2016 em 15:29

    Nossa, não sei nada de Inglês e juro que agora deu um pontinha de vontade!
    Beijos

  • Resposta
    Anny Denardi
    24/03/2016 em 16:44

    Este texto é muito motivador, tenho grande desejo de aprender inglês e um dia poder falar fluentemente.

  • Resposta
    Sthefanny
    24/03/2016 em 22:29

    O lado bom de conseguir assistir uma série sem legenda é quando sai episódio novo e você não precisa esperar mais alguns dias por causa da legenda! Que invejinhaaaaa de você, Fran! Hahah :p

  • Resposta
    Melissa Souza
    25/03/2016 em 11:44

    Oi, Fran!

    Quando li esse post a sensação era de que eu que tinha escrito. Também passei o último ano trabalhando de forma autônoma, fazendo faculdade, escrevendo e estudando inglês duas vezes por semana, mas no meu caso foi num cursinho. Ainda faltava o módulo avançado e o de conversação para eu finalizar o curso (aproximadamente uns seis meses), mas chegou uma cara que simplesmente cansou!

    Quando conversei com o coaching da escola sobre a minha desistência, fui clara neste ponto: o curso é muito longo para não ter férias (não dá para tirar férias! hehe), estou cansada das atividades em grupo e não tenho mais tempo para me dedicar aos deveres extras. Então cheguei à conclusão que, agora que já conheço a estrutura gramatical, fonética, entre outras coisas, eu poderia contratar um professor particular para aperfeiçoar a parte da pronúncia e tudo mais.

    Ainda não leio livros em inglês nem assisto filmes sem legendas, mas não vejo a hora de alcançar este ponto! Também quero estudar espanhol e francês <3

    Beijos,
    Melissa

  • Resposta
    Lua
    25/03/2016 em 13:21

    Ai, Fran, gostava muito do seu blog mas estou achando tudo muito impessoal, os textos parecem que podem ter sido escritos por qualquer pessoa… nada identifica que é você, sabe? Se contar que esses seus últimos posts na vibe “tudo só depende de você” estão bem chatinhos e clichês…

  • Resposta
    Carol Justo
    25/03/2016 em 13:35

    Fran, muito obrigado pelo post porque eu estou há meses querendo começar um curso online e até hoje eu não faço, eu comecei mas fiquei com vergonha porque parece criança aprendendo a falar, mas eu vou começar, me deu mó motivação esse post, principalmente porque quero ler livros em inglês.

    http://www.pinkisnotrose.com

  • Resposta
    Víctor Guimarães
    26/03/2016 em 00:40

    Oi Fran, eu irei começar a fazer aulas de inglês em breve. Assim como, eu não irei totalmente “cru”, pois, sei de algumas coisas. O meu problema na maioria das vezes é de ouvir e interpretar. Agora falar, escrever e ler não é problema. Bjo!

  • Resposta
    Débora
    26/03/2016 em 01:32

    Tinha o objetivo de me dedicar mais ao inglês este ano. Mas acabei deixando isto de lado. Seu post me deu inspiração para fazer isso, o COMECE, sabe?! =]
    Obrigada!

  • Resposta
    Sheila
    28/03/2016 em 10:05

    Oi Fraan! me indentifiquei mt com seu post, esse ano comecei a estudar inglês com professor particular e fiz minha propria rotina de estudos, estou sentindo mtt a diferença, mas quando vejo series em ingles com legenda em ingles estou tendo mt dificuldade de entender tudo. Como foi para ti no inicio?

    Obgg beijoos :*

    • Resposta
      Franciele
      28/03/2016 em 18:15

      Acho que para cada um é diferente o aprendizado, até pq uns tem mais facilidade em algumas coisas do que em outras 🙂

  • Resposta
    Karen Bartolomeu
    28/03/2016 em 18:47

    Amei saber um pouco da sua experiencia com esse tempo estudando ingles. Bem produtivo!

    http://www.karenbartolomeu.com

  • Resposta
    juliana M
    01/05/2016 em 18:10

    Olá Fran, gostei muito do seu post, é muito incentivador, ano passado repeti no ultimo período de ingles do curso em que eu estudava e me desanimei, então eu pus na minha cabeça que queria mudar de curso, mudei de curso e a estrutura o contexto e até os professores são totalmente diferentes, mas estou gostando ainda não falo fluentemente,mas estou trabalhando para isso.Estou fazendo minha segunda faculdade, estou trabalhando e apesar de não ter minha vida financeira independente ainda longe dos meus pais, estou estudando e batalhando por isso, porque não é fácil viver um dia de cada vez. Bjs flor e muito sucesso.

  • Resposta
    Srta fUmiga
    27/07/2016 em 12:57

    Verdade! Eu faço inglês à uns três anos. Mas o primeiro ano é onde eu senti mais diferença.
    É absurda a evolução que vamos tento ao passar das semanas… Claro que o inglês precisa ser uma doação de tempo, você precisa realmente querer aprender. Vejo algumas pessoas no meu curso que não dão tanto valor. Principalmente quando são pessoas mais novinhas / adolescentes que os pais que pagam o inglês e fazem por que os pais querem.

    Outro dia, em aula, comentei que eles estavam perdendo tempo e atrapalhando o desenvolvimento dos outros. Por que quando não se quer aprender fica mais dificil. Como eu quero e preciso acabo me doando mais que outros alunos (trabalho com COmercio Exterior, então né.. Inglês faz parte do meu dia a dia).

  • Deixe uma resposta