27 Em -

10 fatos sobre ter um gatinho em casa

1
(Foto do meu instagram, já me segue? @fraanguarnieri)

Meus pais nunca deixaram eu ter um animalzinho de estimação, então quando fui morar sozinha, adivinha qual foi uma das minhas primeiras decisões? Sim, adotar uma gatinha.

No começo foi um período de adaptação bem divertido, pois como nunca tive contato com gatos, não fazia a mínima ideia de como era a rotina deles. Hoje, é até engraçado ver como eu e a Lilly nos adaptamos bem.

Nesse post listei 10 fatos sobre ter um gatinho em casa. Será que alguma mãe/pai de gatinho se identifica também?


1. A minha gata dorme muito. E o mais engraçado é que ela tem uma espécie de “rotina”. Ela está sempre acordada quando levanto, espera um pouco até eu brincar com ela e depois passa o dia inteiro dormindo (ela está dormindo agora).

2. Eles dormem em lugares engraçados, principalmente em cima de “coisas”. Se eu deixo uma folha de papel em cima da mesa, minutos depois ela está dormindo em cima. Sem falar sobre quando ela decide dormir dentro do meu armário…

Lilly-01

3. Cada animalzinho tem sua personalidade. A minha gata faz o tipo carente, a qualquer hora do dia ela está disposta a receber um carinho. Todas as manhãs eu tenho que pegar ela no colo igual um bebezinho acredita? É sério! Se eu não faço isso ela fica andando atrás de mim miando bem brava, hahaha, é engraçado e fofo ao mesmo tempo.

4. Suas roupas vivem cheia de pelos. Vestir preto é um desafio!

5. Gatinhos são extremamente limpinhos. Eles tomam banho por conta própria quando lambem o próprio pelo. Outra vantagem é que nunca ficam com cheiros ruins. A minha gata toma banho ~ de verdade ~ com água e shampoo uma vez a cada 2 meses, mas ela sempre tem cheirinho de pelúcia.

6. Depois de um tempo convivendo com seu gatinho, você sabe o que significa cada miado. E tem diferença, viu?

7. Gatinhos já nascem com o instinto de saber onde fazer suas necessidades. Você só precisa colocar uma caixa com areia para ele e pronto! Nada de stress com xixi fora do lugar.

Lilly-03

8. Eles são engraçados. Quem nunca viu um vídeo de gatinhos super fofo no facebook? Quem tem um em casa sabe que esses momentos acontecem de verdade.

9. A energia que eles tem durante à noite é inexplicável.

10. Eles brincam com qualquer coisa! Se você está preocupado em comprar brinquedos caros para o seu gatinho, não se preocupe. Uma bolinha de papel ou um pedaço de fita já se torna um parque de diversões para eles.

 Participe da nossa #GIRLGANG e receba e-mails semanais com conteúdos exclusivos.



Você também pode gostar

27 Comentários

  • Resposta
    Manuela Lopes
    01/03/2016 em 11:23

    hahahaha super me identifiquei. Tenho um casal, um persa branco chamado Mingau e uma tricolor SRD chamada Tina; são meus filhos e cuido deles como tal. Mas a Lilly é MUITO linda, e você consegue tirar umas fotos maravilhosas dela! Os meus, qdo percebem que vou tirar foto, acabam se mexendo e sempre perco uma “pose” legal deles rsrs
    Parabéns pela sua filhota!

  • Resposta
    Iris Andrade
    01/03/2016 em 11:50

    Só li verdades kk principalmente o fato 4 e 6..

    Bjs Fran.. http://www.decoremodices.com/

  • Resposta
    Fernanda
    01/03/2016 em 12:07

    Oi Fran, fiquei tão feliz que a capa do blog voltou! Sentia saudades da frigideira com ovo. Ficava triste quando via só o seu nome. Um beijo, minha querida.

  • Resposta
    Jade Maranhão
    01/03/2016 em 12:22

    uma das coisas que mais me encanta na minha gatinha, a Frida, é que ela parece perceber quando eu tô chateada ou cansada e vem dormir de conchinha ronronando perto de mim. Isso me dá uma calma!
    A gente tem uma ligação tão maluca que é só eu engordar que a gata engorda, se eu emagreço ela emagrece na mesma época.

  • Resposta
    Lorena
    01/03/2016 em 13:07

    Owwnn amoo gatinhos, e acho a sua fofa e linda demaaaisss! Mas infelizmente sou altamente alérgica e não posso ter em casa… Mas quem não tem problemas respiratórios não pode deixar de ter uma fofura dessas, é muito amor!

  • Resposta
    marina albuquerque
    01/03/2016 em 13:32

    Oi Fran.

    Sai de casa para morar com o namorado em novembro de 2015. A nossa primeira decisão sobre a vida de casal foi adotar um gato.
    Temos o nosso resgatadinho de 3 meses, o Axel, que é a alegria da casa.
    E recomendo colocar no próximo post que para quem vai morar sozinho ter um bichinho é uma ótima decisão, pois no início pra quem mora sozinho é solitário e ter um bichinho em casa ajuda a acalmar o coração.
    Outra coisa boa dos gatos é que é muito mais fácil de cuidar e todos eles tem uma rotina, eu já tive outros gatos e sei disso, pra uma pessoa solteira que mora sozinho é a melhor opção pois os gatos são muito independeste e sofrem menos com a ausência dos donos durante o dia.

    Beijos Fran

  • Resposta
    Melissa Souza
    01/03/2016 em 17:38

    Oi, Fran!

    Sempre tive um dog! Mas como meu namorado nunca teve um gato de estimação, quando resolvemos morar juntos ele quis adotar um gato.

    Pegamos uma filhotinha linda, mas que está nos deixando de cabelo em pé! Ela é muito arteira, mia o tempo todo e quer brincar com o que não pode. Ainda estamos naquela fase de tentar educá-la… pode isso, não pode aquilo. Espero que tanto esforço não seja em vão!

    Beijos,
    Melissa

  • Resposta
    SUSANY OLIVEIRA
    01/03/2016 em 18:07

    Ter gato é uma aventura, a minha vai fazer cinco anos amanha haha. Ela é do tipo não me toque a nao ser que tenha uma sache na mão hehehe. Ela adora um cordão, bolinha de papel alumínio e correr atras do laser, é muito engraçado.

  • Resposta
    Amanda
    01/03/2016 em 20:39

    Olá,
    Eu fui mãe de um gatinho por mais de 20 anos (sim, depois de castrados, eles ficam caseiros, longe dos perigos das ruas e chegam aos 30 anos).
    O Bubi era um gato siamês que foi abandonado no quintal da minha casa (e olha que só tínhamos cachorros naquela época). Ele tinha um temperamento forte (subia no armário mais alto da cozinha e ficava de costas, como quem fica de mal – rs), era genioso (rasgava todas as notinhas do mercado q eu deixava em cima dos móveis), dormia muito (dizem q os gatos dormem 2/3 do dia), amassava pãozinho nas minhas blusas de lã, adorava passear de carro e no banco da frente (eu chegava do trabalho, colocava ele no carro para darmos uma voltinha no quarteirão), me acordava amassando pãozinho no meu cabelo tb. Era “zoiudo” e não podia me ver comendo bolacha de maizena, danoninho, mamão (mais humano impossível – rs).
    Ele dormia dentro de casa, adorava bagunçar a casa assim q eu acabava de limpar (dormia na toalhinha em cima da mesa apenas uma vez, depois q tinha o cheirinho dele, escolhia outro canto). Sempre me esperava chegar em casa (mesmo q fosse tarde, ele escolhia o cantinho mais alto da lage, de onde ele podia olhar a rua inteira).
    Uma vez percebi q ele estava com um bafão de onça, e ao levá-lo na veterinária, ela me contou q por causa da idade avançada, ele tinha tártaro e seria melhor extrair os dentes… A partir daí, eu teria q umedecer a sua ração, esperar ele comer e jogar o restante fora pq senão estragava.
    Não foram poucas as vezes q eu flagrei ele comendo a ração dura e seca dos cachorros q tínhamos no quintal. Aliás, ele sempre teve o domínio sobre os cachorros, pois sendo o mais velho dos animais de estimação, ele mandava no pedaço e tirava os cachorros de dentro das suas casinhas qdo ele decidia dormir.
    Naquela época não havia câmeras ou celulares tão modernos (estou falando de 1984, qdo ele chegou – rs) mas eu sempre registrei os nossos momentos juntos. Enquanto minhas amigas tinham fotos dos filhos, eu tinha fotos do meu filho de quatro patas #pqnão?
    Enfim, me empolguei no comentário mas só quem tem gato entende a paixão q sentimos por estes fofuchos!!! Hj em dia não posso ver um gatinho na rua, q já atravesso só p/ter o prazer de interagir 🙂
    Não adotei outro gatinho pq sofri muito qdo o Bubi morreu (aliás, minha família ficou arrasada mas no final das contas, só temos boas lembranças dele e de todas as alegrias q ele nos proporcionou)
    Bjos,

    • Resposta
      Franciele
      01/03/2016 em 23:29

      Que história mais linda! Tenho certeza que ele foi muito amado <3
      Mil beijos

  • Resposta
    Mariana
    01/03/2016 em 22:53

    Nossa Fran, só li verdades kkkk. Aqui em casa é a mesma coisa com a pequena diferença que os gatos (tenho 2)acordam antes da gente e assim que saímos da cama eles sobem.

  • Resposta
    Adriana Leandro
    02/03/2016 em 00:48

    É incrível ter um gato. Eu tenho um gato que me adotou, já que ele apareceu aqui em casa, foi ficando e agora se acha o dono da casa. É dorminhoco e comilão. Quer comer o tempo todo. Ele se chama Mário Eduardo, mas a gente colocou o apelido de Dudu. Ele adoro dormir no tapete e a minha mãe enlouquece. Mas o que ele faz de mais engraçado é que me escolheu como a favorita da casa. Sendo assim, quando tenho que sair de casa, ele me segue. Tenho que sair escondida ou correr dele. Imagina que cena linda: eu andando na rua e sendo seguida por um gato. kkkk
    Bjus!

  • Resposta
    Flávia Moreira
    02/03/2016 em 14:45

    Brincam com qualquer coisa mesmo! O meu Fofura fica esperando eu abrir a porta do quarto todas as manhas só pra ficar pulando e dando tapinhas no meu pé Hahah.

    Parabéns pelo post Fran! Bjks.

  • Resposta
    Ellen
    03/03/2016 em 10:17

    Fran qual é a sua rotina para a casa não ficar cheia de pelos, pois tenho 2 gatos um com o pelo curto e outro igual a sua gata, é um desafio e tanto mandar a casa sem pelo inclusive as roupas, vc tem algum truque?

    • Resposta
      Franciele
      03/03/2016 em 12:17

      Oi Ellen, infelizmente não tenho nenhum truque não. O jeito é escovar ela quase todos os dias e usar aquele rolinho de tirar pelos em lugares que acumula pelo (cama, sofá, roupas e etc). Na casa eu estou sempre passando aspirador tbm, por causa da minha alergia.
      Beijos

  • Resposta
    Larissa
    03/03/2016 em 11:40

    Eu tinha um gatinho ( Geraldo), porém mataram o pobre coitado! E agora eu tenho uma gata de raça ( Maya), e é nítida a diferença entre eles! O pessoal acha que gato é tudo igual mas não é! Meu gato era muiiito mais carinhoso que a Maya, mas ela também é um amoooooor, porém é super agitada kkkkkk E sobre os miados é totalmente verdade kkk Miado de fome, Miado de carência, Miado de sono, Miado de ~ me deixa quieta please ~ kkkkk’ Mas não tem como, gatos conquistam os corações de todo mundo ♥
    Beijos Fran ( e faz um encontrinho aqui em BH )
    http://pequenajuventude.blogspot.com/

  • Resposta
    Bárbara
    04/03/2016 em 13:39

    É exatamente assim!!! Principalmente quanto ao cheirinho de pelúcia – sempre disse isso, e olha que meus gatos nunca tomaram banho de água e sabão na vida! E, mesmo que não queiram colo, eles gostam de ficar pertinho de você. <3

    • Resposta
      Franciele
      04/03/2016 em 20:11

      Pois é, a minha só toma banho de tempos em tempos porque como ela é branquinha, com o tempo o pelo vai ficando meio amareladinho, ai eu gosto de dar o banho 🙂

  • Resposta
    Paula
    04/03/2016 em 18:06

    Oi Fran, adoro a forma que vc trata sua gatinha, gostaria de saber se ela e castrada e como foi a recuperação dela, pois tenho uma e estou com dó de castra-la. Um grande beijo. Adoro seu blog.

    • Resposta
      Franciele
      04/03/2016 em 20:12

      Ela é castrada sim, e a recuperação foi super tranquilha. Alguns cuidados foram necessários como dar a comida líquida e ela teve que usar uma roupinha, mas isso o vet explica direitinho 🙂
      Beijos

  • Resposta
    Ana
    05/03/2016 em 20:57

    Olá Francielle
    Já acompanho seu blog faz um tempo, porém nunca comentei por aqui, mas depois que vi esse post achei que deveria comentar principalmente porque eu amo gatos e animais em geral e acho que eles merecem tanto respeito nosso quanto qualquer outro parente da família, por isso não achei bacana quando vc omitiu no post o fato de que tinha outro gatinho antes da que você tem hoje, e sei que algumas pessoas podem Dizer que é pela dor da perda, porém não omitimos de citar um parente querido apenas porque ele morre, então porque fazer isso com um animalzinho querido?
    Infelizmente è por causa dessas pequenas coisas que a maioria das blogueiras são criticadas, porque a impressão que nós temos ě a de que querem passar a imagem de uma vida perfeita e rosa, onde não existem problemas, dor e nem perdas.
    Fica a fica

    • Resposta
      Franciele
      07/03/2016 em 01:39

      Oi Ana, eu acho que cada um tem o direito de escolher até onde quer expor os acontecimentos da sua vida na internet (principalmente os mais delicados). E o legal é as pessoas respeitarem isso, né? Fica a dica também!
      Bjs

  • Resposta
    Melissa Arantes
    06/03/2016 em 23:06

    Ai Fran, eu sou gateira, amo bichanos… É bem assim mesmo, eles são tudo de bom. Vc ja deu uma caixinha de papelão pra Lilly? Todo gatinho gosta

  • Resposta
    Entre Anas
    08/03/2016 em 09:46

    Me identifiquei total com todos os itens! haha Exceto o que gatos têm energia a noite, porque a minha gatinha dorme que é uma beleza de madrugada hahaha
    Sua gatinha é uma delícia <3

  • Resposta
    Links love da semana - Tudo It
    08/03/2016 em 22:17

    […]  Quem ai quer ter um gatinho? No blog Morando Sozinha, a Fran escreveu sobre 10 fatos sobre se ter um gatinho em casa. Eu tenho gente e super confirmo todas as informações! […]

  • Deixe uma resposta