25 Em Morando Sozinha

Morando sozinha eu aprendi…

journal-365questions-05

Morando sozinha eu aprendi coisas que antes eu nem imagina que existia, pois o mundo é bem grande e tudo também depende em qual mundo você vive.

Morando sozinha eu descobri que quando moramos com os nossos pais vivemos em mundo de sonhos. São planos, ideias e listas que parecem ser tão simples de executar que o céu parece ser o limite. Errado? Nem um pouco. Pois os sonhos são os elevadores para a gente alcançar o céu. 

Então o que muda com o tempo? O que muda é que trocamos de mundo. O que também pode ser comparado a amadurecer. Mas vamos continuar chamando de mundo assim mesmo.

Ganhei de presente de uma leitora um livrinho que nele você deve escrever qual foi a lição do dia ou algo importante que você aprendeu. E esses dias me questionei: “será que a gente aprende tanta coisa assim para escrever todos os dias?”. E ai comecei a repensar nos meus três últimos dias. Ontem eu aprendi com o moço que veio limpar o meu sofá várias dicas, pois o meu tem um tecido diferente e é super chatinho de cuidar. No dia anterior eu aprendi que devo ficar mais atenta aos meus compromissos, pois marquei com a minha tia aqui em casa e só lembrei quase na hora dela aparecer. E no terceiro dia aprendi com um amigo do meu namorado a fazer a melhor batata frita do mundo. E olha que eu jurava que sabia fazer…

E depois de tudo isso eu entendi: esse é o meu mundo agora. Eu amadureci e essa foi a vida que eu escolhi para mim. Quando ainda morava com os meus pais eu tinha um milhão de sonhos (e ainda tenho). Porém eu posso dizer que “passei de fase” e mudei de mundo. E isso mudou a minha forma de ver as coisas também.

Morar sozinha causa isso na gente. No começo temos mil planos e ideias, mas com o tempo a gente percebe que o que vai moldando a nossa vida são os acontecimentos do dia a dia.

Muita gente acha que parte mais legal é ter uma casa linda, tipo The Sims. Mas ai você percebe que o mais legal mesmo é a parte de ter com quem dividir os momentos mais simples. E que também é muito legal criar expectativas dia após dia para conhecer “o novo”, que sem querer acaba acontecendo todos os dias ou até que a gente mude de mundo novamente.

Então o que eu aprendi morando sozinha? Ainda não sei, pois todo dia estou aprendendo uma coisa nova. Mas até o momento posso dizer que mudar de mundo é uma das coisas mais incríveis que pode acontecer na nossa vida.

Receba os conteúdos exclusivos
do Morando Sozinha no seu e-mail

Prometemos manter seu e-mail seguro, odiamos spam.

Você também pode gostar

25 Comentários

  • Resposta
    Bia
    18/06/2015 em 23:27

    Fran! Super identifiquei com seu blog e os vlog! Dvidido apartamento há algum tempo e estou indo morar sozinha! (empolgação x tensão) MAS tudo que disse é uma verdade, e o mais verdadeiro é o que eu pude perceber logo nos primeiros meses longe da casa dos meus pais… O mais importante não é um lugar regado por nossas manias e jeitos…mas é com quem a gente tem a oportunidade de dividir isso! E isso faz uma falta tremendaaaaa ! Continue publicando!

    • Resposta
      Milena Soares
      16/08/2016 em 13:26

      Fiquei chocada com uma reportagem do globo repórter sobre geração canguru, na qual uma a moça entrevistada disse que só sairia de casa pra casar!!! Achei muito pré-histórico ficar esperando o príncipe encantado….

  • Resposta
    jklgy
    28/11/2014 em 19:45

    Procurei algum post sobre o tema “preconceito” e não encontrei. Mas realmente não é algo fácil de encontrar nos blogs de meninas que moram sozinha, eu acho. Cada um tem suas experiências sociais a depender de onde mora. Aqui onde moro quase não existem meninas morando só. De modo geral no Brasil, hoje em dia, os jovens ficam em casa até casar. Algo tão parado no tempo! Na Argentina, onde estive, os jovens vão morar só assim que entram na faculdade. Às vezes na mesma rua dos pais. Mas vão. Aqui isso quase só acontece quando o jovem vai estudar em outra cidade.
    E nesses 5 anos morando só, já ouvi muitas perguntas constrangedoras (você brigou com seus pais? seus pais moram em outra cidade? não se sente só, tadinha? etc.) , olhares críticos, aproximações suspeitas (homens interessados no fato). Tem gente que acha um absurdo, que não entende mesmo, que acha totalmente sem sentido. Chega até a restringir amizades.
    Morar só para muitos é necessidade, para outros uma aventura, para alguns algo normal, um passo na vida. Isso precisa ser visto com mais naturalidade no Brasil.

  • Resposta
    Aline Umann
    16/09/2014 em 12:01

    Fran, muito verdade o que você escreveu. Estou entrando nessa fase de “novo mundo” e, a cada dia, percebo como sonhamos com certas coisas em certas épocas, e depois achamos um meio mais real de concretizá-las. Adoro o seu site, parabéns! Está me ajudando muito 🙂
    Beijos!

  • Resposta
    Daniele
    04/07/2014 em 12:01

    Que post maravilhoso Fran! beijão

    Blog Dani News

  • Resposta
    Thaís Chaves
    30/06/2014 em 19:48

    Até favoritei esse link.
    Texto realmente muito inspirador, daqueles que a gente sabe que vai acabar relendo ao precisar um dia!

  • Resposta
    Jéssica
    30/06/2014 em 13:23

    Oi Fran, eu aprendi muito morando com meu marido. Principalmente quanto as contas e organização. Mas eu não sinto saudades de quando morava com meus pais, mesmo por que pagina virada é passado. Mas aprendi muitas coisas ao longo dos anos que me fizeram ser mais independente.

  • Resposta
    Daisy
    30/06/2014 em 11:13

    Fran, arrasou no texto!

    Parece que conseguisse descrever o que eu pensava até melhor do que… eu pensava! hahaha

    Beijo!

  • Resposta
    Carolina Ojeda
    30/06/2014 em 08:48

    Agora que estou morando longe dos meus pais entendo perfeitamente o que voce quis dizer. Nao estou morando literalmente sozinha, como voce. Estou morando com omeu namorado na Irlanda, pois estamos fazendo intercambio, mas as experiencias e licoes do dia a dia sao as mesmas.
    Amei seu post. Bjoks

  • Resposta
    Rúbia Andréa Santos
    29/06/2014 em 09:29

    OI Fran, acompanho diariamente o seu blog e adoro. Agora me sinto à vontade e você dá essa liberdade as suas leitoras. Eu gostaria de ponderar que morar sozinha não é morar com outras pessoas da mesma idade e sem os pais, isso é morar junto sem adultos. Pois tem muita gente que mora com os pais e paga todas as suas despesas e ainda divide as despesas da casa. Agora você realmente está morando sozinha! É uma conquista diferente, vai exigir muito de você e tenho certeza que você será capaz de vencer cada desafio diário. Vou te dar um exemplo simples: eu moro sozinha em casa há anos e um belo dia caí da escada e não consegui nem chegar no telefone para pedir ajuda, meu vizinho me ouviu e a sorte é que a porta estava destrancada. Até com o nosso próprio bem estar a preocupação passa a ser outra. Você é uma pessoa extremamente batalhadora, querida e amada por todas nós suas leitoras e um sucesso nas redes sociais. Eu vibro com cada conquista sua. Desejo tudo de bom nesta nova etapa de vida que se inicia. Beijos com muito carinho, Rúbia Andréa de Belo Horizonte

  • Resposta
    Isabelle
    28/06/2014 em 23:11

    Ai Fran, que texto lindo! Meu sonho é ir morar sozinho e espero que quando isso acontecer eu aprenda também coisas importantes como você dá para ver que está aprendendo. Quero amadurecer como pessoa e tenho certeza de que dar esse passo de ir morar sozinha vai me ajudar bastante. Mas ainda vou ter que esperar alguns anos, já que ainda não sou maior de idade.

    Beijos! Amei o post!

  • Resposta
    Elisa Alecrin
    28/06/2014 em 21:18

    Que lindeza! Eu tenho vontade de morar sozinha. Só não sei se tenho capacidade pra isso. rs

  • Resposta
    Debee
    28/06/2014 em 20:23

    Que lindoooooo! ♥

  • Resposta
    Mikaela
    28/06/2014 em 20:17

    Fran, como é a facul de engenharia de produção?
    Ainda faltam 3 anos, mas quero mt mt mt mt fazer engenharia de produção!!!!
    Bjos

    p.s. Amei seu blog. E o seu cabelo tbm.

  • Resposta
    Denise
    28/06/2014 em 19:30

    Cara, acompanho seu blog a dois anos e acho muito legal a forma de como você interage com seus leitores! Não vejo tantos textos desse tipo por aqui, e quando vejo, são simplesmente tocante! Choque de realidade com um fio de sonhos!
    Parabéns e continue acreditando no que a vida tem de melhor!

    http://www.supercuidadosaa.blogspot.com

  • Resposta
    Sah Teixeira
    28/06/2014 em 19:26

    Fran querida, como faz a melhor batata frita do mundo? hahahhaha Fiquei curiosa!! Adoro teu blog, descobri ele faz algumas semanas e entro TODOS os dias.. beijinho

    • Resposta
      Franciele
      29/06/2014 em 13:56

      Sah, vou fazer um post com essas dicas! Pode deixar 😀
      bJS

  • Resposta
    Molly
    28/06/2014 em 19:04

    ”Mas até o momento posso dizer que mudar de mundo é uma das coisas mais incríveis que pode acontecer na nossa vida.”
    Lindo Fran,queria muito mudar de mundo tbm!!
    http://trancadoasetechaves.blogspot.com.br/

  • Resposta
    Jacqueline Rosa
    28/06/2014 em 18:43

    Eu já morei sozinha e é bem assim mesmo!

    Adorei o texto 🙂

    Beijos

  • Resposta
    Marina L.
    28/06/2014 em 18:42

    Concordo. É bem parecido com deixar a casa dos pais, e casar. Pois diariamente são situações novas, aprendizado constante, duas cabeças diferentes tentando acertar e agradar o outro. Viver já é um aprendizado, independente da situação.

    Xeriiin.

  • Resposta
    Thais
    28/06/2014 em 17:07

    Fran, é exatamente como você falou. Sai para morar sozinha já fazem 5 anos, e desde então a cada dia que se passa modifica minha forma de enxergar o mundo. Ainda tenho muitos sonhos (mesmo porque são eles que nos movem), mas muita coisa aprendi que não poderia passar de sonho. É muito bom ter o nosso cantinho, mas juntamente com ele vem as despesas e responsabilidades que não se imagina, quando moramos com nossos pais. É uma fase ótima de nossas vidas! Cheia de desafios e surpresas!

    Adoro o seu blog, você é uma grande inspiração para o meu trabalho. Muito sucesso! Beijos

  • Resposta
    Su
    28/06/2014 em 13:06

    Oier, Bom Primeira mente quero falar que Você e Muito Carismática adorei seu geito de falar, de se espressar sei la so sei que ahm dexa pra la mais andei persebendo que vc se parese muito com uma das famosas que eu mais gosto a Dulce Maria nosss na hora que vi um video seu falei MEU DEUS deve ser a dulce falando portugues SEnho como vc6 se parecem pelo menos a minha apniao e essa er intao voltando ao assunto adorei seu blog sou meio Socia Da Empresa AVON adoraria te presentea com algum dos nossos produtos da nova linha …… er parabems vc e muito sei la nasceu pra isso serio parabems sucesso total e ultima pergunta em que site vc criou seu BLOG ?

  • Resposta
    Débora
    28/06/2014 em 11:46

    Fran, também moro sozinha e me identifiquei muito com tudo que você falou no seu texto. A nossa cabeça muda totalmente depois que saímos da casa dos pais, os nossos planos mudam, os nossos sonhos mudam e acho que a nossa concepção de mundo também muda, é um amadurecimento muito grande.
    E Fran, eu estou super ansiosa pelo seu livro! Quando teremos mais novidades?? Beijos!

    http://sussurrosdesolidao.blogspot.com.br/

    • Resposta
      Franciele
      28/06/2014 em 13:08

      Oi Débora, eu ainda to na parte da escrita, mas assim que tiver novidades eu venho contar aqui ^^
      Bjs

  • Resposta
    talita
    28/06/2014 em 01:23

    Oi sempre leio seu blog acho mto legal. Sabe jah comprei um ape com meus pais. Fica na praia e eu moro na capital. Sp.
    Queria sua opinião pois as vezes acho q seria legal eu me mudar e morar sozinha. Sabe passar de fase.
    Mas fico na dúvida. Sou professora e posso mudar de cidade. Ah tenho 28 anos com kbeça de 12 rsrs

  • Deixe uma resposta