20 Em Morando Sozinha

Vale a pena dividir apartamento?

Para muitas pessoas, dividir apartamento passa ser uma opção válida por diversos motivos, um deles é a redução dos custos, já que os gastos da casa serão repartidos entre você e suas amigas.

Claro que nem tudo é mil maravilhas, no meu livro você encontra informações mais detalhadas sobre o processo e como você pode fazer essa transição da melhor forma possível.


Você já faz parte da nossa #GIRLGANG? Ao se inscrever você receberá conteúdos exclusivos semanalmente no seu e-mail.


Nesse post quero responder o e-mail de uma leitora que enviou seu dilema:

“Oi Fran! Meu nome é G. e tenho 21 anos. Finalmente passei no vestibular para a faculdade dos meus sonhos (economia <3), mas vou precisar me mudar de cidade. Minha família não é rica e como meu irmão também estuda em outra cidade a opção que nós encontramos é que eu deveria dividir apartamento.

Eu acompanho seu blog quase desde o comecinho, pois me encaixo em praticamente todos os assuntos que são tratados aqui e também já voltei lá na primeira página e comecei a ler tudo que você postava desde o começo. Amo e me identifico! Ah e também tenho uma gatinha, a Janie!

E é por me identificar tanto Fran que estou enviando esse e-mail para você, já que sei que você dividiu apartamento por um bom tempo antes de morar sozinha. Eu confesso que estou com muito medo e não sei se vale a pena. Gostaria muito de ouvir uma opinião sua.

Muitos beijos e muuuuito obrigada se você puder ler meu e-mail.”

 

Minha experiência


Assim como a G. (nome abreviado para manter sua identidade), acredito que muitas pessoas também possuem essa dúvida.

Eu dividi apartamento por quase três anos, nem tudo foi perfeito ao longo do caminho, claro. Mas, foi uma experiência muito boa!

A experiência de cada pessoa é muito individual, pois diversos fatores podem colaborar para isso.

Eu dei muita sorte de encontrar pessoas que tinham conceitos de vida parecidos com os meus. E acredito que isso seja válido para todo mundo que deseja encontrar a “pessoa certa para dividir apartamento”.

 

Finanças


Na época acabei optando por dividir, pois bancar um apartamento sozinha era bem fora da minha realidade. E de fato, as contas ficam bem mais em conta quando você consegue dividir com uma amiga.

O aluguel, luz, condomínio, internet e todas as outras coisas que você pagaria sozinha podem ser divididas.

Há um tempo atrás gravei um vídeo com as minhas amigas onde a gente falou melhor sobre isso.

 

Convivência


Algo bem interessante para quem vai dividir apartamento é fazer um acordo de convivência.

Antes de você e suas amigas irem morar juntas, é importante que vocês sentem e conversem sobre os diversos assuntos que vão fazer parte da rotina de vocês.

Conversem sobre a limpeza da casa, pagamento das contas, quais serviços serão contratados, se os namorados podem frequentar a casa e coisas assim.

Honestidade é importante nessa hora, pois todo mundo tem o direito de pensar diferente da outra e vice-versa.

Depois que tudo estiver acertado, façam um documento por escrito com tudo aquilo que foi concordado, pois caso algum dia ocorrer uma situação que te incomode, fica muito mais fácil conversar e lembrar das regras da casa.

A experiência de dividir apartamento pode ser maravilhosa se você souber respeitar o espaço do outro.


Você pode baixar a amostra do meu livro na Saraiva para ler várias dicas sobre morar sozinha e vida independente.

Receba os conteúdos exclusivos
do Morando Sozinha no seu e-mail

Prometemos manter seu e-mail seguro, odiamos spam.

Você também pode gostar

20 Comentários

  • Resposta
    Raphael
    15/09/2017 em 13:58

    Parabéns pela matéria, me agregou muito

  • Resposta
    Andressa
    13/09/2017 em 19:39

    Morei junto algumas vezes, já deu certo e já deu errado, no momento eu moro com meu namorado e no momento está dando muito certo e estamos muito felizes, mas quando se convive com alguém a palavra chave é CONCESSÃO.

    Sucesso, beijos! ♥

  • Resposta
    Ana Filipa Comendinha
    12/09/2017 em 12:39

    Acredito que compense bastante no entanto, conforme a nossa vida vai evoluindo – e caso exista disponibilidade financeira – a determinada altura todos vão querer ter o seu próprio espaço.
    Aqui em Portugal quando os jovens vão para a faculdade quase ninguém alugar um apartamento sozinho, é mesmo muito raro. Em todos os anos que estive na faculdade não conheci ninguém que morasse sozinho. Aliás, na maioria dos casos as pessoas nem se conhecia até dividir o apartamento.
    Acho que durante o período da faculdade – e talvez início da vida profissional – dividir é a melhor opção.

  • Resposta
    Ana Teresa
    24/05/2016 em 22:34

    Olá, legal o assunto. Divido apartamento. O lado bom, tem, claro, como a divisão das despesas e a companhia. Deve ser tudo bem claro, inclusive com as despesas. A pessoa tem que ter bom senso também, pois não adianta nada, por exemplo, um ser ecologicamente correto e não demorar no banho, enquanto o outro fica três horas de baixo do chuveiro elétrico. Além de ir contra os princípios ecológicos (rs), a pessoa que não demora no banho vai pagar pela energia e água que o outro gastou sozinha. Outra coisa, o melhor é cada um comprar suas comidinhas, nada de dividir o mercado, meninas. Exemplo: uma compra tal fruta, obviamente porque gosta, a outra vai e come. Não questão de ser pão duro, é o descontentamento de ir comer a fruta que você tem certeza que está ali e quando chega não existe mais! Outra situação: as pessoas devem ser mais ou menos parecidas, se não for, NÃO TENTEM, não dá certo mesmo. São várias nuances que podem ser comentadas, mas, para finalizar, o que deve ser, CUIDADOSAMENTE, observado é a questão da liberdade. Se você mora sozinha, ahhh 100% de liberdade, se divide com uma pessoa, cai para 50%, se divide com três, o bicho pega, cai para 33% e assim sucessivamente. Em qual ocasião dividir? medo de morar sozinho ou não ter grana suficiente para as despesas com aluguel, água, e net. Quanto ao medo, livre-se dele, quanto à falta de grana: não seria o caso de alugar um lugar menor e mais simples e em troca ter 100% de liberdade e quiça andar nú pela casa? (fechem as janelas, cortinas rsrs). Conclusão: ledo engano achar que x ou y vai dar certo para dividir com você, ninguém conhece ninguém. Divida, em última hipótese, prime pela total liberdade, a vida nunca é provisória, devemos viver hoje, e bem, feliz, livre! Fica a dica, Bj, meninas.

  • Resposta
    Ge
    30/03/2016 em 01:46

    Oi Fran, estou apaixonada pelo seu Blog, tem me ajudado muito, tenho 23 anos e estou indo morar sozinha com essa duvida de ir com amigas ou enfiar minhas caras sozinha mesmo , porem vou ter mais da minha privacidade morando sozinha e é algo que estava pretendendo, mas confesso que morro de medo de dar tudo errado, mas quando comecei a ler seu Blog fiquei muito mais tranquila e entusiasmada pra ir morar sozinha o mais breve possível.Obrigada e Parabéns, de hoje em diante sou mais uma seguidora fiel sua 🙂

    • Resposta
      Tâmara
      12/09/2017 em 17:33

      Oi Ana,
      Concordo totalmente com você. Dividi apartamento com mais 3 meninas, 1 era de boa, super responsável e trabalhadora. As outras fúteis, bagunceiras e sujas. Não pagavam as contas em dia, usava nossos produtos de limpeza e roupa, deixavam roupa na máquina por dias e no varal também.
      Usavam a louça e não lavavam, era terrível.
      Hoje eu moro sozinha, alone, graças a Deus. Prefiro ficar um pouco apertada, mas ter minha liberdade e encontrar as coisas do jeito que deixei. Não encontro nenhuma surpresa, como coisas de comer que deixei para comer depois e comeram. Assisto TV quando quero e o que quero, ando sem roupa o tempo todo. E a louça suja é a minha.
      Se a pessoa tiver a sorte de morar com outras meninas que respeitam as regras e a privacidade, perfeito, mas se não, vai ser só estresse. Experiência própria, só tive estresse.

  • Resposta
    Paula Lomeu
    05/02/2015 em 23:48

    Oiiii, adorei o post.
    Eu divido apartamento com uma amiga da faculdade e dá suuuuuper certo. Apesar de não ter tido muita convivência com ela antes de ir morar juntas, a gente se dá super bem. Tivemos criações de famílias parecidas e sempre entramos em acordo. Porém não foi sempre esse mar de rosas. hahahahaha.
    Uma outra menina da faculdade também morava junto e era horrível! Ela não tinha a menor consideração ao acender a luz na nossa cara de madrugada, nunca limpava nada mesmo com regras, deixava a porta da casa destrancada, não mantinha os espaços limpos e dignos de se habituar e daí em diante! Depois de muito falar e não adiantou, tivemos que por fim e hoje em dia moramos só nós duas!
    Hoje em dia temos o mesmo ciclo social, ela namora o amigo do meu namorado e estamos sempre juntas!

    Temos liberdade uma com a outra e principalmente respeitamos os espaços! Esse é o principal para a convivência dar certo.

  • Resposta
    Sandy Santana
    24/01/2015 em 18:11

    Interessante. Eu tenho vontade de morar sozinha e penso em morar com amigas, tem seus pós e contras, mas eu quero mesmo morar sozinha! Gostaria que você fizesse um post com (mais ou menos) os gastos e o que deve ser pensado antes de tomar essa decisão.

    Beijos
    http://www.sandysantana.blogspot.com

  • Resposta
    Lays Morais
    24/01/2015 em 13:44

    Oi, Fran, primeira vez que comento aqui e bom… eu passei no vestibular como foi o caso da G e quis me mudar de cidade, apesar de que onde faço faculdade não é tão distante da minha cidade, quis ir mais pra tentar conseguir um emprego lá, que aqui na minha cidade está dificil e lá por ser maior achei que seria mais fácil, enfim, fui dividir ap com mais uma menina e morei 7 meses fora de casa, vale pela experiencia, mas eu não a conhecia muito pra dizer o quanto seria estressante em alguns aspectos te-la morando comigo, talvez se eu já a conhecesse não teria ido morar com ela ou eu já saberia me portar em alguns problemas. Mas mora, mora sim, comigo foi pouco tempo mas aprendi muita coisa, ser mais organizada foi uma delas iuaioua
    Beijos!

  • Resposta
    Beatriz Scopel
    24/01/2015 em 09:14

    Oi Fran, bom este assunto é bem interessante acho que muitas meninas tem duvidas sobre . Sempre quis sair da casa dos meus pais e ano passado minha vó veio morar comigo, dividimos um apartamento mais ele acabou não se identificando com a cidade que moro atualmente e decidiu voltar para a cidade dela, então fiquei um tempo morando sozinha no apê e não gostei muito pois as dispensas eram grandes e o meu salário não supria minhas necessidades. Atualmente encontrei um apartamento onde 4 meninas dividem, uma delas eu já conheci as outras 3 não. Mais umas dessas meninas vai sair do apartamento e eu vou morar com as outras três. O meu pai não aprova pois acha que vai sair a maior FOLIA ele já morou com amigos e o pensamento dele é um só , bagunça vs bagunça , só que o apê que vou morar as meninas são responsáveis e bem legais , minha mãe me da a maior força. Independente da opinião dele, ele me deu a livre escolha, então a partir de fevereiro vou dividir apê .

    BOM ESSA É A MINHA HISTÓRIA, FRAN GOSTARIA QUE ABORDASSE MAIS ESTE ASSUNTO JÁ QUE TENHO VISTO MUITAS MENINAS FALANDO SOBRE ISSO, GOSTARIA DE MAIS DICAS E ATE MESMO UM POST COM HISTÓRIAS VIVIDAS PELAS LEITORES PARA DISCUTIR MAIS SOBRE O ASSUNTO. ESPERO UMA RESPOSTA AQUI NOS COMENTÁRIOS . BEIJOS ADORO SEU BLOG E CANAL SOU UMA LEITORA NÃO TÃO PARTICIPATIVA MAIS ESTOU SEMPRE VISITANDO AQUI, E AHHH TENHO VARIAS AMIGAS QUE HOJE SÃO VICIADAS NO SEU BLOG PORQUE EU INDIQUEI <3 BEIJOS :*

    • Resposta
      Franciele
      26/01/2015 em 05:19

      Oi Bia, dica anotada! Mta gente tem uma visão um pouco distorcida de dividir apartamento né? Quando eu dividia era super tranquilho também. Se vc mora com pessoas mais ou menos parecidas com vc, da tudo certo!

      Mil beijos e obrigada pelo carinho <3

  • Resposta
    Nati
    22/01/2015 em 16:23

    Acho que é uma experiência interessante, principalmente para quem tá precisando de grana pra dividir as contas, mas tem de escolher bem a pessoa. Convivência é uma prática difícil, os dois lados tem de ceder para ficar tudo em harmonia.

    Beijos
    http://www.blog-planetpink.blogspot.com

  • Resposta
    Luiza Almeida
    22/01/2015 em 15:34

    Divido o apartamento e o que tenho a dizer sobre a minha experiência é que foi/está sendo péssima. Morava só, mas acabei convidando uma amiga para dividir o ap achando que daria tudo certo. Pra falar a verdade, fui bem boba e pensei que seria uma eterna festa do pijama. Acabou que eu essa pessoa descobrimos

  • Resposta
    Giovanna Luchetti
    22/01/2015 em 14:44

    Acho muito legal isso de dividir apartamento, mas acho que não dividiria. Sou hiper ciumenta com as minhas coisas e gosto de tudo do meu jeito hahahaha.

    Beijos | http://www.blogdagica.com

  • Resposta
    Paola Alves
    22/01/2015 em 12:01

    Dividir apartamento é bem dificil mesmo. Se dividir um quarto ja é dificil, imagine um apto com despesas e etc. Mas, tudo se ajeita e tem pontos bons em ruins como em qualquer coisa na vida! Boa sorte G. Fran, adorei as dicas que vc deu pra ela! http://simsemfrescura.blogspot.com.br/

  • Resposta
    Kamilla Barcelos
    21/01/2015 em 22:29

    Dividir casa/apartamento deve ser uma experiência interessante, mas todo o contexto que me fez morar sozinha me fez pensar que talvez tranquilidade não tem preço. É mais caro morar sozinha? É. Mas a paz e o sossego que você disse ao final valem mais.

  • Resposta
    Myrela
    21/01/2015 em 20:03

    Eu Tbm fui morar dividindo e sem conhecer as outras meninas pois vi o anuncio em um site, e foi melhor assim pois cada uma cuidava da sua vida sem intrometer na vida alheia e quando vc mora com amigas parece q elas se acham no direito de dar palpite querer saber onde estava e com quem estava e isso êh super chato

  • Resposta
    Mapas e Papas
    21/01/2015 em 18:01

    Que óptimo tema!
    Nós também dividimos apartamento enquanto estávamos a estudar (4 anos), e nunca imaginámos que pudesse ser de outra maneira. Mesmo pudendo pagar um local sozinho/a, é tão mais divertido dividir casa, conhecer pessoas novas, ter lá alguém que possa ajudar com alguma situação que surja, já para não falar de quanto se poupa e depois se pode usar noutras coisas 🙂
    Neste momento talvez já não pensássemos em dividir porque já temos a nossa casinha e já é outra fase, mas quando se sai de casa pela primeira vez e se vai estudar para um local onde não se conhece ninguém, parece-nos a melhor opção.
    E se não correr bem, é só mudar (sim, também nos aconteceu) 😉

    Beijinhos

  • Resposta
    Carol
    21/01/2015 em 17:40

    Amei o post, mas acho que na pergunta ela quis falar mais sobre a parte de morar em republicas, que é meu caso. É bom, mas da muita incomodação pois nem sempre a outra pessoa vai nos agradar e entender os limites e acordos existentes. É uma questão temporária que vale a pena, pois o custo sai bem menor do que alugar um ap sozinha. Não tem preocupação com luz, internet, condomínio… É apenas o aluguel, em alguns casos. O ideal é analisar bem o contrato e fazer sempre uma reuniãozinha de “regras de convivência” e chegar sempre em um senso comum, também é necessário bastante paciência.
    Enfim Fran, adoro o seu blog, parabéns!!! :*
    Esse texto acabou me ajudando pois eu estava pensando em dividir apto com minhas amigas, mas né, quando junta as trouxinhas as coisas mudam haha
    Um super beijo

    http://pinkisnotrose.blogspot.com

  • Resposta
    Elisa Alecrin
    21/01/2015 em 16:49

    Esse assunto está me perseguindo ultimamente. Só me falta ter renda fixa pra isso.

  • Deixe uma resposta