20 Em -

Compreendendo o tempo

tempo-1

Todos os dias recebo e-mails de leitoras contando suas histórias. Leio tudo com muito carinho e faço questão de responder um a um. Essa é uma justificativa do porquê as vezes demoro pra responder. Afinal, cada dia o bloguinho cresce mais e o volume desses e-mails também, hihihi <3

Mas esses dias abri um e-mail de uma leitora que contava a sua história. História essa que mesmo não conhecendo a leitora pessoalmente, me fez ver muito de mim. Não sei como é pra vocês, mas pelo menos eu sou uma pessoa que tem problemas em esperar. Não me confundam com uma pessoa intolerante, não é isso. A verdade sobre mim é que eu tenho uma mente que me trás bastante coisas boas, mas também chega a me deixar louca em alguns momentos. Pois a todo momento estou pensando, pensando, pensando e planejando. Chega uma hora que isso atrapalha, pois não conseguimos deixar a vida se encarregar de definir o rumo das coisas. Nós mesmas queremos trilhar cada pedaço de tudo. E isso acontece comigo, com a leitora do e-mail e será que você que está lendo também?

Eu já melhorei muito em relação a isso. Um dos motivos para essa mudança, foi ter todas as responsabilidades que eu tenho hoje (casa, trabalho e um namorado). Tudo isso me fez enxergar o quanto não podemos ter o controle de tudo. E se eu parar para pensar sobre a minha vida. As coisas mais incríveis aconteceram sem mesmo eu imaginar que um dia elas poderiam acontecer.

Muitas pessoas questionam como as coisas aconteceram tão rápido pra mim. Mas eu acredito que seja um pouco disso, a vida e no final, quem nós somos. Sem querer falar de  religião, mas eu acredito que um coração bom, disposto a ajudar e a amar, seja o suficiente para conduzir a sua vida para realizações incríveis. Eu acredito muito que tudo de ruim que fazemos, desejamos ou pensamos seja capaz de paralisar realizações e coisas importantes na nossa vida.

O tempo é algo complicado, que sem querer meche com a gente. Pois nós temos o tal do “queremos tudo pra agora”. Uma prova disso é a criação da sopa instantânea e do frango desfiado. hehehe

Eu demorei pra entender, mas o tempo fez bem pra gente. Ele me fez amadurecer. E ter passado por isso está sendo fundamental para minha vida nesse momento. Estou economizando a beça para o meu apartamento. Mas eu poderia agir diferente. Poderia não esperar e fazer tudo do jeito antigo. Mas além de ouvir a minha mente (que pensa e planeja), aprendi a ouvir o meu coração, que nesse momento me disse para esperar. E aqui estou.

Muitas leitoras me pedem dicas, pedem para eu falar qual é segredo para fazer as coisas darem certo, para que eu diga como conseguir a tal sonhada independência.  Mas a verdade querida amigas, é que somente o tempo poderá responder essa pergunta. Pois somente ele vai dizer qual é o momento certo para agir, fazer, realizar. É difícil entender e mais difícil ainda (se você se parecer comigo) é esperar. Mas lá vai uma dica de quem passou por isso e que está passando por outro estágio: aproveite o momento que você está vivendo hoje, para adquirir sabedoria e amadurecer. Pois ter a vida de gente grande pode dar mais trabalho do que parece.

Você também pode gostar

20 Comentários

  • Resposta
    Dayse Fashion
    18/04/2013 em 23:08

    Me identifiquei muito com você e com a moça que enviou o e-mail. Quero sempre tudo pra agora, e minha cabeça ferve de idéias e projetos. Mas tudo tem seu tempo, temos que esperar com fé, e então tudo acontecerá da melhor maneira 🙂

  • Resposta
    Joyce
    16/04/2013 em 20:37

    Esse é o tipo de texto que quero ler e reler e NÃO esquecer! As vezes fico meio paranoia pensando tanto nos quereres, que não terei tempo.. isso realmente me aquietou mais <33 muito obrigada Fran

    • Resposta
      Franciele
      16/04/2013 em 23:02

      Obrigada vc lindona.
      Bjs

  • Resposta
    Daniela Gomes
    16/04/2013 em 14:14

    Nossa Fran, que texto lindo. Você me fez parar pra pensar e repensar em várias coisas.
    “acredito que um coração bom, disposto a ajudar e a amar, seja o suficiente para conduzir a sua vida para realizações incríveis. Eu acredito muito que tudo de ruim que fazemos, desejamos ou pensamos seja capaz de paralisar realizações e coisas importantes na nossa vida.” isso foi um bela reflexão pra mim, muito obrigada s2s2

    • Resposta
      Franciele
      16/04/2013 em 17:38

      Que bom que vc gostou Dani!

  • Resposta
    Débora Delgado
    16/04/2013 em 13:03

    Textos assim fazem a gente refletir melhor sobre as coisas. O tempo realmente é importante pra tudo, e paciência pra esperar as coisas é fundamental. Adorei o texto Fran. Amo seu blog!!
    Beeijo

  • Resposta
    Tany
    16/04/2013 em 09:34

    A realidade é que nós precisamos ser pacientes mesmo vivendo em um tempo em que tudo é necessário que seja agora: roupa da moda, celulares, o que for, e isso acostuma a gente mal demais. E também acaba nos moldando a sermos quem somos: queremos tudo rápido, ser reconhecidas, bem sucedidas, respeitadas e sem fazer muita coisa e é exatamente isso que nós não temos. A nossa impaciência só cresce, mas a forma pro ‘sucesso’ ainda é a mesma: dedicação e paciência. Não importa se é pessoal, na vida amorosa, familiar ou realizando nossos sonhos.

  • Resposta
    Suelen Teixeira
    16/04/2013 em 00:07

    Sem dúvida alguma dá muito trabalho. Eu mesma aprendi na tora (como dizemos aqui no nordeste) que não é fácil responder a todas as responsabilidades que a independência trás e mais ainda, estou aprendendo a não reclamar das consequências chatas e não previstas que a realização desse sonho trás.
    Um beijo Fran

  • Resposta
    Priscila
    15/04/2013 em 22:59

    Eu tbm sou assim.quero tudo pra ontem..fico ansiosa quando tenho q esperar algo,e quando é algo a longo prazo?aiai tenho passado por uma espera muito grande e isso me mata de ansiedade,pensando como sera quando acontecer,oq vai acontecer,começo a fazer planos nos meus pensamentos ..nossa acho que hj em dia as pessoas são todas apressadas no geral né..
    mas uma hora chega o que é tão esperado.Assim espero hehe
    beijos Fran

  • Resposta
    Letícia Ohanna
    15/04/2013 em 22:45

    Oi, Fran!
    Comecei a morar sozinha na quarta-feira.
    A primeira noite foi muito difícil, cheguei e estava tudo escuro, não tinha ninguém para conversar…algumas podem pensar “dã é claro vc resolveu morar sozinha, nao vai ter ngm em casa msm”, mas mexeu mto comigo. A solidão bateu em mim e chorei muito, muito mesmo e se bobear às vezes choro um pouco.
    Antes de completar a prox semana, eu ja me encontro melhor e estou começando a ter o trabalho que vc falou. Eu não paro! Toda hora tem algo para eu fazer: limpar, lavar, fazer comida, cuidar das contas e serviços quando dão problema. Fora o medo de as contas virem muito altas.
    Fiz o possível para minha casa se tornar a mais aconchegante possível, por isso mantive alguns hábitos de quando morava com minha mãe e avó. Isso aliviou meu coração.
    Com o tempo vou tentar conciliar mais as coisas, eu estou querendo arrumar um bico para juntar e comprar minha casa, como vc está fazendo. Quem mora de aluguel sabe que de uma maneira ou de outra, no final a casa não é sua e ponto.

    Seu blog ta mto legal! e me identifico muito com ele, mais q isso eu não me sinto tão sozinha quando visito ^^, pq sei q tem pessoas q souberam lidar com isso, então passa a não ser um bicho de sete cabeças para mim.

    Bjuuu

  • Resposta
    Malú Oliveira
    15/04/2013 em 21:59

    Nossa, Fran! Sei muito bem como é isto. Assim que saí do ensino médio estava desesperada! Não sabia qual faculdade fazer, e se soubesse, como pagaria!? Nem emprego eu tinha. Mas eis que as coisas encontraram seu lugar no seu devido tempo. Hoje já estou no último ano do curso de História e trabalho justamente onde queria (já passei por um emprego que não queria muito, mas às vezes isso é preciso). Este ano eu vou noivar (ará! também achei um amor deste meio tempo) e logo, logo terei meu próprio cantinho. Aos poucos vamos aprendendo a deixar as coisas mais livres, apenas as direcionando, não tentando controlá-las.

    Beijo!

    Malú I am.

  • Resposta
    Cinara
    15/04/2013 em 21:36

    Convivo com este dilema constantemente até porque sou uma pessoa muito hiperativa (deste criança isso), mas digo uma coisa: eu melhorei muito neste quesito até porque acabei aprendendo a amadurecer e a esperar o momento certo para agir (graças ao amado Yoga e música).
    — Confesso que eu ia escrever mais, mas cada a vez que eu tentava eu achava ruim ou fraco demais, pois queria escrever algo bonito e filosofico.
    Acho que você conseguiu tirar todas as palavras do meu dedo (ja que estamos na internet mesmo ahah)

  • Resposta
    Tátila Florentino
    15/04/2013 em 21:04

    Fran, realmente “esperar” é uma palavra que meu cérebro não entende. Aliás, está começando a entender este ano por motivo de força maior (minha casa). Acho que chega um dia que não tem jeito, você tem que se render a maturidade.
    Parabéns por ensinar tanto pra gente.
    http://www.alemdemim.com

  • Resposta
    Carol Souza
    15/04/2013 em 20:45

    Fran, super me identifiquei o seu texto!
    Sou dessas que pensa demais antes de agir e muitas vezes deixo de fazer algumas coisas por achar que não tá no tempo certo que de outra forma seria melhor e quando faço algo e dá errado fico me culpando sempre. Quem nós tivessemos controle de tudo não é? Montar um script e voilá tudo do jeitinho que a gente sempre quis.
    Mas as coisas mais legais acontecem sem data e hora marcada, é a vida quem decide e eu concordo com você no aspecto que tudo que a gente faz de bom volta pra gente pela metade, inteiro, o dobro, o triplo…whatever, volta!
    E é isso que importa! 😉
    Beeijo :*

    http://canseidarotina.blogspot.com.br/

  • Resposta
    Juliana
    15/04/2013 em 19:41

    Me simpatizei com seu jeitinho logo de cara, ao ler seus posts e ainda mais ao ver seus vídeos. E confesso que me identifiquei com seu jeito “ansioso” de ser, que fica evidente ao ver o seu jeito de falar. E ainda ontem vendo um vídeo seu, pensei de como você parecia comigo! Rsrsrsr E agora lendo esse post, isso ficou confirmado! Também sou assim: penso, penso, penso, planejo! Vivo com a cabeça a mil! E com certeza a maturidade e os acontecimentos da vida nos ajudam a equilibrar tudo isso e viver cada acontecimento! Beijo, beijo… Ju

  • Resposta
    Jéssica Alaíne
    15/04/2013 em 19:35

    O tempo responde tudo, mas não podemos esperar grandes mudanças com as mesmas atitudes!

    um beijo linda :D:D

    http://www.acessofeminino.com

  • Resposta
    Francini
    15/04/2013 em 19:14

    Ai, minha “quase xará”, esse post foi feito pra mim! Estou passando por períodos muito difíceis na minha vida desde o ano passado: minha ansiedade tomou proporções extremas e desenvolvi TAG (Transtorno da Ansiedade Generalizada)…Olha, só quem tem ou teve pra saber como é! Ô coisinha complicada, te suga, te consome, te deixa sem energia nenhuma, eu já estava deprimida e esse problema só veio piorar meu quadro!
    Meninas ansiosas, sério, tentem melhorar enquanto é tempo! Depois que vira TAG…Fui parar em uma clínica de gastroenterologia fazendo uma endoscopia, com suspeita de úlcera, porque eu só passava mal, perdi 6 quilos em um mês…Adivinhem o que era? A maldita ansiedade! Se cuidem, conversem com quem vocês amam, desabafem muito, porque eu fui guardando tudo só pra mim e uma hora explodi! Passeiem, saiam, se divirtam, tenham consciência que preocupação nunca resolve problema nenhum, pelo contrário, só traz mais…
    Queria ter visto isso enquanto era tempo…Agora estou aqui, me esforçando pra melhorar, mas tem horas que perco as esperanças…
    Desculpem o desabafo, só quis dar um alerta!

  • Resposta
    Thaís
    15/04/2013 em 19:07

    Tava pensando sobre o mesmo assunto hoje o dia todo… Tava meio triste achando que eu não estava evoluindo em nada com a minha faculdade, mas eu tava me comparando com pessoas que já passaram pela faculdade, que já estão no mercado há anos ao invés de olhar pra minha pessoa hoje e como eu era no ano que entrei no meu curso… daí eu vi o quanto eu aprendi, o quanto eu cresci e amadureci e que é normal querermos dar 5 passos no lugar de um. Hoje eu percebi que estou no caminho que deveria estar e que tudo passa no tempo que tem que passar.
    Adorei seu post hoje, muito inspirador!

  • Resposta
    Thaís
    15/04/2013 em 19:07

    Muito bom o post 🙂 E com toda a certeza o Morando Sozinha vai crescer mais e mais!

  • Resposta
    Mari
    15/04/2013 em 18:57

    Precisava ler isso 😀

  • Deixe uma resposta