35 Em -

Dicas para quem quer comprar o seu apê

cofrinho_litro_leite

Um assunto que vocês sempre me pedem pra falar aqui no MS, é sobre como funciona toda a burocracia para quem quer comprar um imóvel. Infelizmente eu nem arisco em falar sobre o assunto, pois é um momento que eu ainda não vivi e dar dicas “googladas” só no ctrl+c, ctrl+v não é nenhum pouco a minha cara né?

Pensando nessa necessidade aqui no bloguinho, convidei uma pessoa muito especial para falar do assunto pra vocês, a minha amiga Bruna Dalcin, do blog Comprando Meu Apê. Quer alguém melhor que essa para dar dicas bacanudas para vocês? Já adianto que o texto ficou incrível e esclarece um montão de dúvidas que a gente sempre tem.

O post não acaba aqui, eu apenas encurtei para não ficar muito grande na rolagem. Para continuar lendo, é só clicar no link aqui embaixo.

——-

Olá! Sou a Bruna Dalcin do blog Comprando meu APê. Recebi um convite muito especial da Fran, para contar aqui um pouco da minha experiência sobre compra e financiamento de apartamento. Fiquei tão feliz que aceitei na hora! Então vou passar pra vocês um pouco do que aprendi nestes anos com a compra do meu primeiro apê.

comprando_meu_ape

Para quem não me conhece vou fazer um resuminho:

Quando completou 4 anos que meu namorado e eu estávamos juntos, resolvemos ir em busca de comprar um cantinho para chamar de nosso. Economizamos uma certa quantia durante um tempo, usando poupança e fundos de investimento DI. Nosso objetivo era dar uma entrada e depois financiar o restante com um banco. Nós não queríamos começar uma vida a dois pagando aluguel, mas nos deparamos na época, em 2010, com imóveis usados muito caros e se quiséssemos financiar teríamos que desembolsar uma bela quantia para a entrada, sendo que não tínhamos todo aquele valor. Foi então que resolvemos comprar um apartamento na planta, que é uma boa opção para quem quer pagar menos na entrada e para quem pode esperar de 2 a 3 anos em média até que ele seja entregue pela construtora. Tanto ele quanto eu, moramos na casa dos nossos pais, então poderíamos ter paciência e esperar até a entrega.

Há alguns anos atrás, comprar um imóvel na planta significava um investimento forte para conseguir uma alta valorização na hora da entrega das chaves. Mas de uns anos para cá isso mudou muito, e em algumas cidades como São Paulo ou Rio de Janeiro, por exemplo, dependendo do bairro, um imóvel na planta chega a sair mais caro do que comprar um usado. Então na média do mercado a tendência são os preços se estabilizarem em 2013-2014.

Vantagens de comprar um apartamento na planta:

– Tempo maior para pagar o valor de entrada do imóvel, que varia entre 20 e 30%. Este valor você paga enquanto a obra está sendo realizada;

– Hoje em dia um apartamento na planta costuma ter área de lazer de até 60% do tamanho do imóvel enquanto um usado muitas vezes nem tem e quando tem são geralmente de 20 a 30%;

– Imóveis novos precisam de menos reparos, portanto o condomínio pode ser menor que os usados;

– A melhor parte: receber um imóvel cheirando a novo e decorá-lo da maneira que desejar.

Desvantagens do apartamento na planta:

– Demora para se mudar (e o prazo pode ficar maior caso a obra atrase);

– O imóvel pode sofrer variações no tamanho dos cômodos, mesmo que pequenas, podem fazer uma enorme diferença já que a metragem dos apartamentos está cada vez menor;

– Podem entregar o apartamento com algumas vigas para passar o encanamento do prédio que não eram previstas no modelo decorado

– Risco de pagar e não receber o imóvel;

– Na maioria dos casos, você terá que desembolsar uma grana para o acabamento, pois não vem piso na sala, living e quartos, e os revestimentos, louças e pias que eles colocam na cozinha, banheiros e varandas são os mais básicos possíveis;

– Por ser um empreendimento novo, vai haver o famoso rateio para contratar funcionários e comprar itens para as áreas comuns do condomínio.

Dicas importantes antes de assinar o contrato

– Procure saber sobre a idoneidade da construtora;

– Pesquise os materiais usados em empreendimentos anteriores;

– Verifique se a planta foi aprovada junto à Prefeitura, se a construção tem alvará e se ela foi registrada no Cartório de Registro de Imóveis;

– Veja também se o imóvel não está hipotecado;

– Guarde todos os prospectos publicitários do imóvel para garantir o cumprimento na hora de fazer a vistoria;

– Veja o memorial descritivo atentamente para saber quais os itens que eles entregarão tanto nas áreas comuns quanto no seu imóvel (no meu eles disseram que as áreas já virão equipadas);

– E por fim leia muito bem o contrato antes de assinar e se for possível mostre a um advogado de confiança.

Agora quero fazer um alerta! Infelizmente não tivemos essa informação quando fomos comprar o nosso, então quero ajudar quem está pensando em adquirir um. O acordo foi pagar em torno de 35% do valor do imóvel para a construtora de novembro/2010 até março/2013 e o valor restante devendo ser pago na entrega das chaves, seja à vista ou com recursos de financiamento de algum banco. Quando o corretor estava nos apresentando as condições, ele nos disse que as parcelas, incluindo as semestrais, anuais e o valor da parcela final (chaves), sofreria uma “pequena alteração” todos os meses de acordo com o INCC (Índice Nacional da Construção Civil). Segundo ele, seria apenas uma variação entre R$ 10,00 e R$ 50,00 em cada parcela e nem iríamos sentir o impacto. Realmente foi isso mesmo, nas parcelas pouca coisa aumentava, mas não caiam nessa conversa. Mal sabíamos nós que o saldo devedor, aquele que financiaremos com o banco, estava aumentando junto com o INCC todo mês! Imaginem só: juros em cima de juros no saldo devedor que já era alto. Por sorte eu descobri isso poucos meses depois e desde então estamos trabalhando dobrado para não sermos pegos de surpresa no final.

Outra coisa que descobri depois de um tempo e que pretendo ir atrás, foi o valor de corretagem do imóvel. Algumas pessoas e inclusive uma advogada veio me alertar que este valor não pode ser cobrado pois é totalmente ilegal. Lembro muito bem que demos 3 cheques no dia da assinatura, um nominal ao corretor, um nominal à imobiliária que estava divulgando o empreendimento e um cheque com valor bem menor que finalmente serviria como entrada para o apartamento. Não tenho como afirmar ainda se isso é realmente ilegal ou não, mas assim que eu tiver mais informações falarei lá no blog ou volto aqui no Morando Sozinha pra contar. Mas de antemão já fiquem atentos a isso e questionem se vierem cobrar de vocês o valor de corretagem, ok?

Ainda tem muita coisa para falar sobre o assunto, como por exemplo:

– O que vale mais a pena: fazer uma poupança e pagar parcelas mínimas durante a construção ou adiantar o máximo possível do valor devido?

– Quais as formas de financiar um apartamento?

– Como fazer a vistoria?

– Como calcular o INCC?

– ITBI e documentação

– E muito mais!

Mas como o post já ficou muito extenso, convido vocês a darem um pulinho lá no blog Comprando meu APê e clicarem na aba Burocracia do menu, lá sempre conto as minhas experiências sobre o assunto, então quem sabe eu ajude vocês. Mas em breve estarei aqui de volta esclarecendo as dúvidas que surgirem.

Ah e por fim só uma notícia do meu apê: a construtora atrasou a obra que era para ser entregue neste mês de março. É um descaso com os clientes e infelizmente isso é cada vez mais comum neste ramo. Enviaram uma carta dizendo que irão usufruir dos 6 meses de carência que já estava previsto em contrato.

Bom, agora é esperar setembro e enquanto isso vou vendo o meu saldo devedor sendo corrigido mês a mês e quase surtando enquanto não entregam as minhas chaves!

Espero que tenham gostado do post e da minha primeira participação aqui no blog da linda e fofa da Fran!

——-

Muito legal o texto e esse jeitinho da Bru de explicar as coisas, né? Se vocês tiverem alguma dúvida, deixem ai nos comentários e também digam o que acharam do post ta? Eu e a Bru vamos amar ler os recadinhos de vocês <3

Você também pode gostar

35 Comentários

  • Resposta
    Daiana Galao
    24/03/2015 em 13:14

    Frannn essas dicas são primordiais para quem esta querendo comprar eu burra não tive essa cautela… até montei um blog tbm pra depositar minhas duvidas e angustias se puder dar uma passada … bjussss

  • Resposta
    Alice Paim
    21/02/2014 em 22:32

    Amei, ótimas dicas Fran, a bruna arrazou 😀

  • Resposta
    Beatriz
    30/01/2014 em 01:27

    Fran eu queria que vc mim ajudasse a fazer um canal e um blog sobre o que eu falo oq eu mostro, por favor me ajuda

  • Resposta
    Daiane Pereira
    09/12/2013 em 00:17

    Amei,vou seguir todas as dicas,e com esforço chego na realização desse sonho!

  • Resposta
    Dica de blog: morando sozinha | yaponira
    17/11/2013 em 13:02

    […] Morando Sozinha – blog de decoração, culinária, faça você mesma, música, estilo de vida e mu…. […]

  • Resposta
    Patricia Souza
    17/11/2013 em 12:58

    Meninas, adorei o blog.
    Há 2 anos comprei minha casa!!!
    Não moro sozinha, mas conseguir comprar seu primeiro imóvel é mais do que realizar um sonho. E falo primeiro imóvel porque já penso em uma casa na praia ou no campo rs
    Como passei por todas as dificuldades de iniciante pra conseguir comprar miha casa, queria compartilhar com vocês meu blog yaponira.com para ajuda-las com todas as duvidas…
    beijos

  • Resposta
    Carolina
    05/10/2013 em 11:35

    Olá! Descobri o seu Blog há pouco tempo e é mesmo uma mão na roda! Adorei! Assim, tenho uma pequena dúvida sobre comprar ape e tal. Tenho 17 anos e pretendo comprar o meu lá pros 25 anos, 20 e alguma coisa e queria saber o quanto de dinheiro é ideal eu economizar desde já pra quando chegar a época eu ter uma quantia beem bacana. Pode me ajudar? Obrigadinhaa, rs! E mais uma vez, adorei seu Blog!

  • Resposta
    larisse
    28/09/2013 em 22:40

    eu estou adorando suas dica para morar sozinha ajuda muita gente adorei que tudo de certo para você !
    bjos muito sucesso>>

  • Resposta
    Monillayne Souza
    25/09/2013 em 18:31

    Eu adoooooooooorei as dicas!!!
    Muito bem colocadas!
    Bjoks e sucesso!!!
    :* :*

  • Resposta
    Nathália
    02/09/2013 em 16:32

    Adorei….

  • Resposta
    rafaela
    19/06/2013 em 10:18

    fran amei seu blog, a taci me recomendou, e eu to amando, vou morar sozinha também, daqui uns 2 meses e estou adorando suas dicas <3

    • Resposta
      Franciele
      21/06/2013 em 11:44

      Fico feliz Rafa!
      Beijos

  • Resposta
    Vanny
    08/04/2013 em 00:16

    Oi Fran, já conhecia o Blog da Bruna e foi por lá que conheci o seu. Muito legal essas dicas! Quando eu for comprar meu apê, vou levar todas essas informações comigo! beijos

  • Resposta
    Daniela
    07/04/2013 em 10:11

    Pra começar, o seu blog é muito lindo e perfeito! Até está na minha barra de favorito haha, ótimas dicas, pena que eu ainda não posso comprar pois sou muito novinha. Mas quando eu fizer faculdade,queria comprar um apê enfrente a praia, deve ser muito legal!
    Amei seu blog, demais! Beijinhos

    • Resposta
      Franciele
      07/04/2013 em 17:07

      Obrigada Dani!
      Bjs

  • Resposta
    Aléxia
    06/04/2013 em 18:17

    Fran, qual o nome dessas fontes que vc coloca em vídeos e nas fotos é muito fofa é parecida com a litte por favor me responde.

    • Resposta
      Franciele
      06/04/2013 em 22:26

      Sacramento 🙂

      • Resposta
        Aléxia
        07/04/2013 em 14:52

        obg

  • Resposta
    Thaís Simões
    06/04/2013 em 17:25

    Nossa, esse post abriu meus olhos, ainda não tenho como financiar minha casa, mas com certeza passarei muitas vezes no blog da Bru pra fazer direitinho, e sem surpresas, se tudo o que planejássemos tivesse esses alertas de como vai ser lá na frente, a gente seria mais ricas, felizes e realizadas… AMEI O POST!

  • Resposta
    Keith Pappen
    06/04/2013 em 17:22

    Nossa, muito bom saber dessas coisas. Gostei demais de aprender um pouquinho mais, ainda iremos comprar nossa próprio apartamento e eu gosto bastante das vantagens de comprar um apartamento na planta. Beijão <3

    http://www.detalhesamor.blogspot.com

  • Resposta
    Nine Copetti
    06/04/2013 em 15:54

    Ah, como sou fã das duas há tempos, só me fez ficar super feliz com esse post!!! Vocês, Bru e Fran, são duas fofas, amo os blogs e a forma como vocês cuidam deles!!!

    A compra do primeiro apê é assunto bem delicado mesmo, eu comprei na planta como a Bru, mas depois com tantas surpresas embutidas e atrasos na obra, acabei optando por cancelar o contrato de compra e ir em busca de um imóvel usado. Claro que precisei fazer muitos reparos, mas gastei bem menos, e como morava de aluguel, foi melhor assim. Hoje já fazem quase dois anos desse processo todo e não me arrependo de ter trocado de opção no meio do caminho. Bem como a Bruna falou, quem não tem pressa e está bem informado sobre as entrelinhas dos contratos de compra em planta, tem mais é que ir fundo mesmo. Deve ser uma delícia você receber tudo novinho em folha e deixar ele com sua cara! E pra isso, também a gente se gruda nesses dois blogs que são pura inspiração decorística, né!!!

    Beijos pra vocês duas!!! Adorei!

    • Resposta
      Franciele
      06/04/2013 em 22:27

      Obrigada pelas dicas Nine.
      Beijos

  • Resposta
    carla ermacora
    06/04/2013 em 14:44

    gente amo a bruna, estou nessa fase e amo as dicas delas

  • Resposta
    Lívia Deusimar
    06/04/2013 em 12:37

    Super curti o post, no meu caso ainda sofro com pagamento de aluguel, pense em um dinheiro que acho mal pago, a gente paga todo mês uma coisa que nunca irá ser nossa :(, foi uma escolha que fiz ao optar por estudar fora, e acho que vai se assim pelo menos até me formar :/, beijos nas duas, 😀

  • Resposta
    Mirella Santos
    06/04/2013 em 11:12

    Ah fran, vc não existe garota! Amuuuuuu de paixão seu blog, amei a dica do da Bru. Duas lindas!!!!!

    • Resposta
      Franciele
      06/04/2013 em 11:12

      Tks Mirella!

  • Resposta
    Rafa
    06/04/2013 em 11:04

    Nossa, adorei as dicas da Bru. Não conhecia o blog dela,mto legal. Tudo a ver vcs duas juntas, façam mais vezes!

    • Resposta
      Franciele
      06/04/2013 em 11:13

      Pode deixar Rafa!

  • Resposta
    Juliane
    06/04/2013 em 11:02

    Ai Fran, seu blog é muito especial, vc sabe disso né?
    Cada dia que passa eu te admiro mais e sou sua fã de carteirinha!

    • Resposta
      Franciele
      06/04/2013 em 11:13

      O linda, muito obrigada viu?
      Beijos

  • Resposta
    Alicia
    06/04/2013 em 11:01

    Ai que legal, amei a participação da Bru! Não conhecia o blog dela, gostei muito 🙂

  • Resposta
    Renata
    06/04/2013 em 10:36

    Oi Fran, como já acompanho o blog da Bruna de antemão o post é muito interessante, já passei por quase tudo isso e sempre é bom termos o máximo de informação para o sonho não virar pesadelo.
    Só discordo num ponto Bruna, num apê “antigo ou usado” o condomínio acaba sendo um pouco menor, pois muitos não tem área de lazer tão grande, ou play, ou segurança, elevador, as vezes nem tem porteiro e segurança 24 horas. Já no novo os valores dessas coisas encarecem muito o condomínio, pelo menos é o que eu comparo com a maioria das amigas (imóvel novo x imóvel usado)
    bjs p/ Bruna e p/ Fran

    • Resposta
      Franciele
      06/04/2013 em 11:14

      Obrigada Rê!
      Bjos

  • Resposta
    Cissa
    05/04/2013 em 15:47

    ADOREI!

    As minhas blogueiras preferidas falando juntas, sem contar que os blogs de vocês tem muita coisa em comum né?!

    Amei o post, como amo também os blogs. morando sozinha e comprando meu apê!

    Um grande beijo, Fran e Bruna!!! PARABÉNS!!!!

    • Resposta
      Franciele
      06/04/2013 em 11:13

      Obrigada Cissa!

    Deixe uma resposta