1 Em Outros

FESTINHAS EM CASA

Tem gente que quando descobre que um amigo foi morar sozinho ou numa república já pensa: “Oba! Festinhas!“. Conheço algumas pessoas que também moram em repúblicas, e ouço muitas reclamações sobre isso. E pelo fato de isso acontecer, na cabeça das pessoas, morar numa república é sinônimo de bagunça. Mas sabemos que toda regra tem sua excessão. Pela tamanha liberdade que alguém que mora sozinho tem, muitas coisas começam a acontecer. Tem gente que fica numa boa, já outros, optam por um caminho mais conturbado. É nessa fase que muitas coisas decisivas acontecem. Alcoólatras começam a se moldar, drogas começam a aparecer em casa e assim um futuro brilhante pode ser jogado por água abaixo.
Observe suas escolhas. Estar longe dos pais, não significa ter que fazer tudo o que você não faria perto deles. Cuidado com os amigos, pois nem todos são tão amigos assim. E se você divide uma casa com mais pessoas, é injusto com quem chega cansado da facul, pisar em casa e encontrar vários desconhecidos fazendo uma festinha. Respeito é fundamental para uma convivência pacífica. Mas além disso, pense como você tem andado. Será que a liberdade tem mechido demais com a sua cabeça?
Receba os conteúdos exclusivos
do Morando Sozinha no seu e-mail

Prometemos manter seu e-mail seguro, odiamos spam.

Você também pode gostar

1 comentário

  • Resposta
    Isabella Magalhães
    06/01/2015 em 14:04

    Nossa, Fran, muito bacana sua iniciativa em fazer esse post.
    Quando comecei a morar sozinha, morava com meu irmão e minha cunhada, e por diversas vezes cheguei em casa quebrada na sexta feira e tinha que levantar cedo no sábado pra trabalhar de novo, e tinha festinha até às 04 da manhã. É a gota d’água. Depois disso, graças a deus, só morei com pessoas mais tranquilas. É uma falta de respeito quando se divide o espaço com alguém.

    <3

  • Deixe uma resposta