Morando Sozinha? Comece aqui

Quer aprender a guardar mais dinheiro? VEJA O DESAFIO

Quer organizar sua vida? SAIBA COMO

0 Em Carreira

Como se preparar para pedir um aumento

Pedir por um aumento é algo que costuma deixar as pessoas apreensivas, tanto que muitas delas demoram meses ou até mesmo anos antes de criar a coragem necessária para pedir pelo aumento que merecem. E sem essa coragem você pode passar sua vida profissional inteira sem sair do lugar, afinal de contas, o processo de crescimento profissional quase nunca acontece de forma orgânica.

Além disso, quando estamos pensando em pedir um aumento é comum que perguntas como “será que eu sou boa o suficiente?” ou “esse é mesmo o momento certo?” passem por nossas cabeças. Para minimizar o nível de apreensão e eliminar as dúvidas a melhor receita é preparo. 

É por isso que logo abaixo você encontra algumas dicas que vão te ajudar a se preparar para criar seu planejamento.

 

1 | Entenda como o seu trabalho afeta diretamente na empresa


Digamos que você trabalha no setor de marketing da empresa, nesse caso, é o seu trabalho, ou parte dele, que garante que o nome da empresa chegue até os clientes potenciais, que o produto ou serviço oferecido esteja nas cabeças delas. Ou então você pode ser do financeiro e estar ajudando a empresa a enxugar os gastos ou nas projeções de crescimento.

Essas são só algumas das muitas possibilidades, mas o ponto aqui é que ter essa percepção de como o seu trabalho impacta na empresa, para te ajudar a entender qual o seu valor para a instituição e se ele está sendo justamente remunerado.

 

2 | Saiba qual o cenário atual da empresa


É muito importante que você, enquanto funcionária, tenha consciência de onde a sua empresa deseja chegar. Esse tipo de informação pode ser complicado de entender em empresas muitas grandes, que normalmente possuem metas e objetivos diferentes para cada setor. Por isso, o ideal é que você chegue até o seu chefe e pergunte: qual o nosso próximo passo?

Quando você entende qual o cenário, quais as metas, fica mais fácil para que você pense em como ajudar a empresa a atingir tais objetivos. Entender as metas e ter consciência do seu papel nesse processo pode ser vital para a sua carreira e para o sucesso da empresa, principalmente nos momentos de crise, já que é justamente neles que precisamos arregaçar as mangas e pensar no que podemos fazer.  

 

3 | Não use a comparação como argumento


“Ah, mas eu estou aqui a mais tempo que a fulana que foi promovida”, “eu tenho mais experiência nisso e essa pessoa está ganhando mais do que eu”. É comum que você já tenha pensado isso, mas esse tipo de comparação não deve ser usado na hora de pedir por um aumento.

Primeiro você precisa ter em mente que a sua projeção de crescimento não necessariamente vai ser igual a de outra pessoa que entrou no mesmo tempo que você na empresa, elas costumam variar de profissional para profissional. Além disso, usar argumentos comparativos dá um tom pessoal ao seu pedido, quando a única coisa que deveria estar sendo avaliada é o seu valor para a empresa.

 

4 | Crie oportunidades


Tempo não garante promoções ou aumentos. Por isso, é preciso criar oportunidades. Principalmente nesse contexto profissional no qual as empresas estão mais interessadas em destaque, ou seja, naquilo que você pode oferecer além do esperado no momento da contratação.

E o que significa criar oportunidades? Bem, significa que você precisa aparecer mais, se fazer perceber dentro da empresa.

Esse é um ponto no qual é comum que você pense algo como, “ah, mas isso não funciona na minha empresa, não vai adiantar de nada” ou “eu não estou sendo paga pra isso”. No entanto, sugiro que você pense nesse processo de criação de oportunidades como uma aposta, uma aposta no seu crescimento dentro da empresa. É claro que esse esforço pode não levar ao resultado desejado ou que ele demore um pouco mais que o planejado, mas, sinceramente, parece melhor apostar em você mesma do que não apostar em nada, certo?

Além disso, antes de ir pedir o seu aumento é interessante ter registrado o modo como você se destacou na empresa, o que você fez a mais, quais os projetos, quais as melhorias, etc. Isso vai ajudar a reforçar seu pedido.

 

5 | Seja estratégica na hora de pedir


Seu chefe não mora na sua cabeça, o que significa dizer que a pessoa a qual você responde não sabe que tipo de aumento ou promoção você deseja. E para que saiba, você precisa falar. E precisa falar com a pessoa certa.

Outra coisa que você precisa se perguntar é: qual o momento certo? Já imaginou alguém sentar ao lado do chefe na hora do almoço e pedir por um aumento? Ou fazer isso numa semana de maior turbulência dentro da empresa? Essas são péssimas formas de pedir por um aumento. Por isso, o ideal é que você marque um horário para conversar a sós com seu chefe, de modo formal.

Além disso, não pense na reunião com um momento para pedir um aumento e sim como um momento de apresentar uma proposta que envolve um aumento. Isso vai fazer com que o seu chefe veja aquele pedido como um investimento.

Para fazer isso de forma eficiente, monte uma apresentação com algum tipo de recurso visual. Afinal de contas, é mais fácil convencer alguém a comprar a nossa ideia quando temos dados, projeções, qualquer tipo de documento que oficialize a proposta de modo profissional. Isso causa impacto e mostra seu nível de empenho e organização.

Por fim, lembre-se também que toda apresentação tem que ter um objetivo final, que é o momento de fazer o pitch, ou seja, o pedido. Não deixe que o seu chefe aumente o seu salário no montante que ele achar “justo”, esse é um modo muito fácil de simplesmente estragar a sua oportunidade.

É importante que você tenha um número em mente. Afinal de contas, você não está só pedindo um aumento, você está apresentando uma proposta que envolve contribuir mais para o crescimento da sua empresa.


Você também pode assistir ao vídeo

Você também pode querer ler: